Doutrina Filosofia Umbanda

Credenciais

cre·den·ci·al
(italiano credenziale)
adjetivo de dois gêneros
1. Que dá crédito.
2. Que confere a alguém determinado direito.

substantivo feminino
3. Carta em que um chefe de Estado acredita um seu enviado em corte estrangeira. (Mais usado no plural.)
4. Carta ou documento que confere crédito ou que dá a alguém determinado direito.

Saudações leitores, pacientes e irmãos de fé.

Aqui quem vos fala é o neófito para mais uma ácida reflexão, para isso, antes gostaria de inserir um trecho de um filósofo iluminista do qual sou um incondicional fã, conhecido mundialmente como Voltaire:

Em 1755, Lisboa fora sacudida por um terremoto, exatamente quando a Igreja comemorava o Dia de Todos os Santos, o que fez com que milhares de mortes ocorressem dentro dos templos. O clero francês se pronunciou dizendo que tal fato ocorrera por causa do pecado do povo. Voltaire se revoltou e escreveu: “Ou Deus pode evitar o mal, mas não quer; ou quer evitá-lo, mas não consegue”.

Próximo de sua morte, o filósofo desejou visitar pela última vez Paris. Em seu último leito, recebeu visitas ilustres, como Benjamin Franklin, que levou um de seus netos para que Voltaire o abençoasse. Depois que colocou as mãos sobre o menino, afirmou: “Dedique-se a Deus e à liberdade”.

Ainda em seu último leito, um padre se dirigiu a ele a fim de lhe dar a extrema unção. Voltaire rejeitou e fez a seguinte indagação: “Quem vos mandou aqui, senhor padre?” Este respondeu: “O próprio Deus”. Em seguida, Voltaire retrucou: “Pois onde estão as vossas credenciais?” Com este diálogo, o filósofo afirmou que não acreditava que os padres eram mensageiros de Deus aos homens.

Incrível como algo que existe desde a antiguidade, passou pela idade média e perdura até hoje, as pessoas julgarem-se mensageiras do mundo espiritual, verdadeiros mestres encarnados. Obviamente existem sim os raros casos que permitam esse privilégio, mas 95% dos casos é uma falácia, são boçais providos da eterna ignorância que se utiliza da fé exacerbada e cega dos adeptos para arrancar-lhes tudo o que podem.

Presenciamos essa circunstância em todos os aspectos religiosos e independente do credo, sempre tem um ignóbil oportunista com um pouco mais de instrução que os adeptos para lhes dizer que através dele, tudo se consegue.

Foi o caso, que infelizmente não sai da minha cabeça, da moça que disse que o dirigente dela, tudo ele pode e tudo ele consegue, e isso acontece com diversos cursos que eu vejo por aí, o povo pega uma mistura do hinduísmo, de literaturas esotéricas, pega um raio de um bambu e reinventa a roda, a fé infelizmente é o que poderia fortalecer ainda mais as pessoas e as tornam ainda mais ignorantes e suscetíveis à oportunistas.

Vivo batendo na mesma infeliz tecla todos os posts, SOMOS AUTOSSUFICIENTES, nossa ligação com o Divino ela é REAL, IMENSURÁVEL e PODEROSA, é simplesmente FATÍDICA, não preciso de um pecador, de alguém ainda muito pior que eu para me dirigir regras, conheci inúmeros dirigentes extremamente imbecis que possuíam previsões VAGAS, RASAS e IRREAIS, portanto, como prostrar-me a alguém com essas credenciais julgando-o mensageiros dos orixás, porque simplesmente teve a oportunidade de ter a sua casa?

Eu ouvi de um dirigente uma vez, indagando-o por que ele cobra dos médiuns iniciantes o curso de formação mediúnica ele me disse:

– Eu preciso me manter e manter uma casa, isso aqui não é uma casa de caridade, é uma casa espiritual!

Na hora, no português claro, eu me perguntei mentalmente: Mas que $$##%¨@ do @#%$$$ é essa?

Está tudo DISTORCIDO, eu sou a favor de apenas duas situações:

  1. Ou o dirigente se dedica e mergulha de cabeça na religião e seja um portador da caridade, um verdadeiro mensageiros dos orixás e dedique-se de corpo, alma, coração e espírito a isso e realmente vive de doações, porém é o cara que RESOLVE, que traz realmente a VERDADEIRA MENSAGEM, sem DISTORÇÃO, sem OPORTUNISMO, sem NADA;
  2. Ou o dirigente tenha a capacidade de poder trabalhar fora, mas dedicar-se horas da semana para a religião, mas sem cobrar, porque o mesmo já foi agraciado por um trabalho remunerado e consegue se manter utilizando apenas a mensalidade dos adeptos para manutenção da casa.

O que para mim é inadmissível são incompetentes vivendo às custas dos filhos e esse, que confesso, às vezes tem mais é que se lascar mesmo para pagar o preço de sua burrice.

É incrível como a esmagadora maioria das pessoas ainda necessitam de muletas, de bengalas para andar, eu recebo e-mails na casa das dezenas, e a essência em quase sua totalidade é a mesma, o dirigente fala uma coisa que não acontece ou diz que não ter permissão para falar ou somente diz: Tenha paciência, vai acontecer. E cobram R$ 100,00 para falar uma merda dessas, sim, uma merda dessas, seria muito mais útil vocês guardarem esse dinheiro para ajudar alguém, para colaborar em alguma creche e bater os joelhinhos no chão e rogar ao Cósmico, Deus e Orixás atrás da graça que necessitam.

Tem um trecho de uma música que para mim é uma das mais bonitas que eu já ouvi, chama-se Heartlines – Florence + The Machine, segue um trecho:

Just keep following!
The heartlines on your hand!
Just keep following!
The heartlines on your hand!
Keep it up!
I know you can!
Just keep following!
The heartlines on your hand!

Apenas continue seguindo
As linhas do coração na sua mão
Apenas continue seguindo
As linhas do coração na sua mão
Continue, eu sei que você consegue
Apenas continue seguindo
As linhas do coração na sua mão
Porque eu estou

Vídeo:

Sejam independentes, se forem para depender de alguém, que sejam dos seus irmãos espirituais, até mesmo alguém vivo que já MOSTRARAM que podem confiar, não com promessas vagas ou sempre com negações e sim que estão presentes, cavando a trincheira com vocês, que estão lado a lado para o que precisam, irrefutavelmente e com a graça de Deus, ainda existem dirigentes assim, eu conheci, aqueles que se preocupam, vai até a casa de vocês fazer alguma limpeza, alguma oração, defumação, SEM COBRAR NADA PELO SERVIÇO, se ele abriu a casa, abriu para SERVIR e não EXTORQUIR, ultimamente os verbos andam bem semelhantes no âmbito religioso.

Quem o fez mensageiro dos orixás? Porque ele tem uma casa? Por que ele é portador de promessas vagas? Por que você já está há um ano procurando a cura para algum mal seu? Para você que já investiu horrores de tempo e dinheiro para algo que nunca funciona? Tenha a certeza que da única coisa que esse infeliz é mensageiro, é da Mentira, nada mais que isso.

-Ah, mas neófito, o caboclo dele faz coisas maravilhosas
O que você julga maravilhoso?

Muitas coisas que ocorrem dentro de centro, meus queridos, é a própria credibilidade de vocês naquela tarefa que vem sendo empregada, famoso PLACEBO, só que nem SEMPRE isso é o suficiente, dependendo do caso, as pessoas precisam de um empurrão e se for um empurrão sério, ao invés de melhorar, vai acabar prejudicando. Então é de extrema importância que a pessoa tenha sua CONFIANÇA, e confiança meus queridos, adquirimos através da necessidade, da precisão, do altruísmo, da amizade, da fraternidade e são adjetivos cada vez mais raros nessa leva de dirigentes que temos.

E cada vez mais solitária é a pessoa, cada vez mais pobre e carente de esperança ela fica, mais valorosa é a mísera migalha que ela recebe, é como se fosse aquele adolescente que é cegamente apaixonado por uma pessoa que não dá mínima pra ele, mas quando essa pessoa que não dá a mínima não tem nada pra fazer e procura esse cego apaixonado, pra ele é tudo o que ele precisa pra continuar acreditando que o amor está aceso, o que não é a verdade dita, porque esse que não dá a mínima só não tinha nada pra fazer naquele momento e para esse cego, é o que ele precisava de forma intensa e real para ter a CERTEZA que o amor existe entre ambos.

Tenham senso crítico, usem a PERCEPÇÃO das coisas. O que mais temos hoje são pessoas utilizando guias e orixás para FAVORES PESSOAIS do próprio dirigente, pessoas que dissimulam e mistificam, ou que passa a todo momento na frente da entidade para convencê-los do que é melhor, Não PARA VOCÊS, mas PARA ELE.

– Ufa, já dormiram?

Atentem-se meus irmãos. Quando se consultarem, depositarem toda sua fé em um dirigente, mande-o mostrar suas credenciais:

Quais benefícios seus filhos já tiveram? A casa tem muitos assistentes? As pessoas são felizes lá dentro? São prósperas? Saudáveis? A casa é unida? A casa prega os verdadeiros fundamentos da caridade? Além de pregar, pratica? Cobra por qualquer coisa? O dirigente está sempre te auxiliando? É solícito? É altruísta? É irmão? Parceiro? Tem boa vontade? A casa é isenta de fofoca? Os filhos são fraternais? É uma verdadeira família e não de aparências? A casa prega a verdade? Os guias desse dirigente trazem palavras de conforto? Ensinamentos? Ou somente carcadas e cobranças? A casa ainda tem a regra arcaica de testar os filhos?

Quais credenciais sua casa tem? Para qualquer coisa tem que pagar? Tem curso atrás de curso e todos com conteúdo IRRELEVANTES ou REPETITIVOS?

E é importantíssimo RESSALTAR: DIPLOMA, CERTIFICADO não CREDENCIA ninguém como APTO a alguma coisa, PRINCIPALMENTE NA RELIGIÃO! Não é esse tipo de credencial que vale alguma coisa! 😉

Não precisa ser nenhum gênio, apenas minimamente inteligente, perspicaz e com o mínimo de senso crítico.

Pensem, reflitam, pois nasceram autossuficientes, não precisa incorporar para receber a graça Cósmica, apenas religuem-se ao lugar de onde são oriundos, de onde vieram, ninguém tem mais poder sobre sua vida além de você mesmo, não adianta agrados, trabalhos, ebós, é muito mais fácil prever o seu futuro criando-o a partir de AGORA.

Esse trecho pode ser bem peculiar para essa questão:

“Não deis aos cães o que é santo, nem lanceis ante os porcos as vossas pérolas, para que não as pisem com os pés e, voltando-se, vos dilacerem.” (Mt 7. 6)

Podemos pensar para não abrir seu coração, seu espírito aos cães, aos oportunistas de plantão e nem tampouco abrir as portas de sua casa, de sua vida espiritual e material aos porcos oportunistas sedentos por dinheiro fácil de sua fé.

Tenham um sábio, reflexivo e iluminado 2016.

Um forte abraço fraternal.

Neófito da Luz.

Leia Também..

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: