Umbanda do Chico » Autor

Autor

Nasci em 31/10/1980, em Indianópolis, São Paulo. Atualmente moro em Guarulhos, sou umbandista desde os meus 17 anos. Casado, pai de um casal de crianças, onde o mais velho possui cinco anos e a mais nova, um ano e meio. Desde muito cedo, por volta dos 10 anos em busca da  compreensão da razão de todas as coisas, “porque sim” ou “porque não” nunca me satisfizeram. Além de praticamente umbandista, sou RosaCruz e Martinista há um bom tempo também, estudante fervoroso de filosofia, muito adepto ao Iluminismo, fã dos livros de Voltaire. Minha filosofia de vida e compreensão de Deus se encaixa muito bem ao deísmo.

Escorpiano, Filho de Xangô, Filho de Osíris, médium de cura, estudioso, fã de egiptologia, história e de todos os mistérios que cercam o universo. Sempre procurando mais de um argumento para entender o porquê das coisas. Estudo com afinco religiões e filosofias orientais e tento encontrar relações entre elas e nossa cultura ocidental.

Sou microempreendedor de uma empresa de consultoria em Business Intelligence, fã de música em seus mais variados estilos, desde a moda de viola até o metal gótico, arranho no acordeon e sou fã de seriados, filmes e animes.

Sou místico, universalista, louvo a Deus sob todas as formas, como filosofia de vida escolhi o Universalismo pela gama de conhecimento que me proporciona, como religião , a Umbanda pela sua inegável prática de caridade e dedicação imediatista de amor ao próximo. A Umbanda permite auxílio imediato e direto para todos aqueles que necessitam de auxílio para suas aflições e doenças, sejam espirituais ou materiais.

Já fui pai pequeno, hoje em busca de um centro adequado até me estabilizar para constituir o meu, como desde cedo me foi solicitado e avisado, atualmente realizo os trabalhos no Cantinho dos Orixás em Nazaré Paulista ou no Santuário dos Orixás, em Santo André.

Escolhi o pseudônimo Neófito por ser uma denominação muito comum em Escolas Iniciáticas para Aprendiz, e a Luz é o que todos nós aspiramos em nossa Jornada Espiritual.

 Quem quiser me contatar para bater um papo, consultoria empresarial, show no acordeon, conselho amoroso, consulta, trazer o seu amor de volta, banho de abre-caminho, bater uma bolinha, pode me enviar um email para neofitodaluz@umbandadochico.com.br

Abrir caminho e trazer o amor de volta é brincadeira! Como diz um amigo português: Uma anedota! rs

Forte abraço.

Leia Também..

Comentários

  1. Sergio disse:

    Olá amigo, gostei muito de seu blog e gostaria de saber mais sobre a Umbanda, Poderia me ajudar?
    Abraço
    sabarbosa@gmail.com

    1. Neófito da Luz disse:

      Namastê.
      Estou a disposição, basta enviar e-mail para neofitodaluz@gmail.com

  2. RFM disse:

    Olá, gostei muito de tudo que escreveu!

    Tenho certeza que este blog tem ajudado a romper as barreiras do preconceito com a Umbanda e o mais importante, traduzir de forma clara e objetivo o quanto podemos ajudar o ser humano com esta religião.
    Também moro em Guarulhos, atualmente estou na Umbanda, mas já pertenci ao Candomble, tive a oportunidade de conhecer a Quimbanda e Mesa branca. Ou seja, busquei ao máximo identificar onde a minha espiritualidade se indetificaria. E foi na Umbanda que tudo isso aconteceu, estou plenamento convicto que posso evoluir como espirito através desta religião que transmite o melhor.

    Adicionei seu blog aos meus favoritos, como bom filho de Odé (Oxossi) contiarei lendo, pois são ótimos.

    Parabéns pela dedicação e boa sorte !!!

  3. luanagama disse:

    Parabens pelo trabalho que tens prestado!!!!!!

  4. patricia disse:

    perdon per la escritura mais eu sou uruguaia. goste muito todo o que voce escrive.
    tengo una consulta con respecto a los caboclos, en si e personal. no en circustancias normais meu entidade firmo ponto y o nome qe eli me diz eu busco mais no encontro en nenguma pagina

    1. Neófito da Luz disse:

      Hola hermana, Gracias por su visita!
      ¿Cuál es el nombre del caboclo?

  5. Viviane disse:

    Meu nome é Viviane, sou de Petrópolis Rj e gostei muito dos assuntos do seu blog…Venho a algum tempo tentando através de livros conhecer um pouco mais sobre umbanda……mas….é dificil achar aquele que condiz o que está acontecendo com você…creio que queremos um verdadeiro manual……kkkkkk..e sei que temos muito que aprender com o tempo e a prática. Mas as dúvidas surgem e principalmente eu, que sou extremamente insaciavel por informações que me satisfaçam, que não aceito um sim ou um não sem em seguida vir o por que…..é fifícil né?….kkk…só queria dizer que seu blogue me respondeu muitos dos meus porques..e tive que fazer uma força danada para não virar dia e noite lendo todos os posts nele escritos……jurei que vou com calma ler aos poucos……Amei o modo como brinca com as palavras e principalmente com a realidade…a muito não me sentia tão satisfeita e tão compeendida como compartilhando seu blog…..muito obrigado por permitir que participemos desses conhecimentos por você adquiridos e de suas reflexões tão bem expostas. Um abraço.

    1. Neófito da Luz disse:

      Muito obrigado pelas suas palavras, espero poder esclarecer no que precisar e poder contribuir de alguma forma. EStou sempre a disposição. Meus sinceros agradecimentos. Paz PRofunda.

  6. Ana Isabel disse:

    Super feliz por ter esta oportunidade de tanto esclarecimento,por ser filha de santo á procura de tantas respostas…principalmente desde que fui por duas vezes convidada a procurar outros terreiros!!! A mãe de santo não compreendia como tratar de ancestralidade e baba eguns…Eles incorporam em meu aparelho de forma violenta!!Fui vitima de magia negra forte noutro pais…. No momento estou num novo Ilê,confiante pois o nosso zelador tem muita experiência neste assunto!! Minha trajetória na espiritualidade tem sido dura!! Porem,amo a Umbanda e luto todos os dias para evoluir cada vez mais,trabalhando e servindo aos Orixás!! Sou filha de Omulu!! Muito prazer! Pessoas como o senhor nos fazem acreditar na espiritualidade do amor e da caridade!!!
    Ana Isabel

    1. Neófito da Luz disse:

      Muito obrigado pelas suas palavras e pela sua visita. São essas atitudes que me motivaram a dedicar-me mais a esse blog. Muito obrigado mesmo!

  7. blog insparador!!! tenho certeza que vai ajudar no meu aprimoramento.

    1. Neófito da Luz disse:

      Obrigado, espero que eu possa contribuir sempre que precisar. Sempre a disposição.

  8. denise disse:

    olá… trabalhei na umbanda há uns 15 anos atrás, e agora, depois de andar por várias religiões, voltei pra minha querida umbanda, q nunca me saiu do coração…. como me disse um caboclo: “vc andou, andou, e não foi em lugar nenhum…”. Agora frequento um terreiro grande aqui em rio preto, minha cidade atual, e estou gostando muito, e pretendo, se me for permitido, um dia voltar a trabalhar… qdo trabalhava, era em um terreiro pequeno, q tinha como chefe o “caboclo pantera negra”, e eu tinha um caboclo e um erê… o erê se apresentava como “aninha”, q já li várias coisas a respeito…. agora o caboclo, se apresentava como “corre-rio”, eu nunca achei nada sobre ele….. ele se manifestou na ultima sexta, mas chegou, cumprimentou e foi embora, sem dizer seu nome, não sei se era o mesmo…. vc já ouviu algo sobre esse caboclo???? obrigada desde já irmão, estou amando seu blog, amo estudar, ler sobre a umbanda e o espiritismo… obrigada….

    1. denise disse:

      vc já me deixou a resposta em outro post irmão…. obrigada….

  9. Jean C. disse:

    Adorei tudo aquilo escrito aqui, estou na umbanda como membro ja tem 2 meses, preciso de muita ajuda pois tenho muitas duvidas, tempo de desenvolvimento, se puder passa algumas dicas, lhe envie um email!
    Att: JMC

  10. Valdir Nunes disse:

    esse material é fantasticooooo

  11. Irmão na caridade e no Amor disse:

    Estou desiludido. Tenho sua idade, sou médium consciente na Umbanda, trabalho há alguns anos. Ultimamente minha casa se cerca de animismo, sob a “patente” de “importantes entidades” meus superiores outorgam seus abusos na comunicação mediúnica, há um tempo vejo murchar a flor da Umbanda na minha casa, vejo a comunicação com o astral enfraquecer a quase desaparecer, no terreiro já não circula tanta energia divina, meu Deus só eu o percebo? Estarei enganado? É inegável o que sinto, está no profundo da minha intuição, o mesmo profundo que permitiu em certas feitas reproduzir palavras e pontos nunca imaginados, incorporar a séria personalidade de um guia que jamais me acometeu.

    A mesma casa que tanto me ajudou, a quem tanto devo, onde eu tanto vi manifestações do amor do mais alto, agora balança entre sedentos por pequenos poderes, auto misticismo, e meia dúzia de iniciantes atordoados.

    Deixei de ir no trabalho sem uma palavra dizer.

    Meu caro, seu blog é sim cheio de julgamentos, mas também cheio das verdades que todos vemos e nem sem dizemos.

    Que Deus ilumine nossos caminhos, com fé acharemos nossas trilhas para a luz.

    abç J

  12. Luciana disse:

    Gostaria de saber sobre o orixa ogum de ronda pois recebo ele a 10 anos e ele tenho intuicoes atravez de sonho.

  13. BABALORIXA OSUN LAYOLA disse:

    Meu nome é Abner Rodrigues de Manaus-AM, sou Babalorixa Ketu e pai de santo de umbanda também, sou licenciado em Historia e gostei muito desta postagem sobre os diferentes tipos de umbanda, pois as praticãs de umbanda aqui no Amazonas são um pouco diferentes das que vi em rio, são Paulo, fortaleza etc. A Umbandaime( que tomam o chá do Santo Daime) embora seja doutrinariamente e institucionalmente mais organizada, não é a mais praticada aqui na região, embora seja seu berço. Sempre tive a grande curiosidade em descobrir a que vertende se enquadra o tipo de Umbanda em que fui iniciado. Baseado em seu estudo pude concluir que inicialmente fui praticante da Umbanda Popular, o sacramento do batismo não é realizado aqui no Amazonas, se algum terreiro realiza eu desconheço, geralmente o único sacramento é o ritual coroação dos caboclos no medium, ritual pelo qual eu passei, também não há aqui formação sacerdotal, umbanda kardecista só conheço uma casa, uns 3 terreiros de omoloco e como o que predomina aqui o candomblê Ketu e a mina, geralmente a umbanda praticada é a que você disserta como “umbanda traçada”, onde nao ha sacramentos especificos para caboclos, e o proprio Babalorixa desenvolve nas giras dos caboclos as entidades de umbanda nos meduins, mas os procedimentos iniciaticos sao os da nacao (recolhimentos para obis, boris e feituras de santo com matancas de animais para assentamento de caboclos).Apesar de ser babalorixa reprovo matancas aos caboclos e pretos-velhos pois acredito fugir da originalidade do culto a essas entidades e procuro praticar a umbanda mais aproximada possivel de suas origens e metas iniciais. Gostaria de um dia poder fazer jm estudo mais aprofundado sobre as umbandas aqui do norte e também colaborar com o conhecimento sobre esta linda religião.

    1. neofitodaluz disse:

      Olá irmão, tudo bem?

      Estou a disposição para trocarmos idéias.

      Feliz 2015.

error: Content is protected !!